Pages

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Uma saudade que, como ele mesmo, será eterna!

Um terremoto nas nossas vidas, como se o chão fugisse de nossos pés. É um sentimento, mas não apenas de emotividade sem definição, é um sentimento de perda.
Uma saudade que será eterna... Só sabia dizer pra mim mesma que não estaria preparada. Mais não estava mesmo.
Aquele,aquele momento, duro, marcante, que havia solidão, silencio, um momento mais sofrido que vivi em toda a minha vida. Não consegui aceitar aquela morte... Meu avô... que sempre estava ali, que sempre teve garra, energia, força de vontade. Apesar da doença que lutava um dia após o outro com a esperança de vencer. O meu avô estava morto.
Lembranças boas não me faltam... A mais marcada mais doída foi ver ele em paz. O  sofrimento tinha acabado, a dor pra ele estava extinta. Agora ficamos aqui a sofrer com a saudade... Uma saudade que nada mais é que e do que recordações boas, memórias eternas.
Saudade, saudade de tudo... Das conversas, do barulho, das reclamações ( que sempre  o reclamava), da exigência, do carinho, da família reunida com a falta de alguém, das brigas... Hoje falta a metade de tudo, nada tem o mesmo sentido, não tem a mesma graça reunir toda a família e faltar um membro, aquela pessoa, que mais falta, que sempre seria a base de tudo... Meu querido avô. 
Fica um pequena alegria escondida dentro de nós, derramamos lágrimas em silêncio, sem desespero, com a calma. Ele viveu aqui um tempo, viveu com alegria e amor, e irá passar desta vida a outra sem nós sabermos.
E hoje, 1 anos depois, a saudade é maior, a lembrança ainda mais viva, o amor ainda mais forte.

7 comentários:

Jorge Pedro disse...

Mais uma nova escritora. Lembre-se que a saudade só nos mostra quem a gente ama e o quanto a gente ama.

Lígia Azevedo disse...

Sua linda,
Que texto belo! Cheio lembranças.
Sinto assim como você a dor da SAUDADE de alguém que já sei foi...

Continue escrevendo!

Hugo Deleon disse...

Eu sinto muito.

Jaíce Cristina disse...

Também não sei se estou preparada pra algo do tipo, sabe... Mas quero ter uma força comparada à sua, à de Ligia... Vocês foram fortes, receio não ser.
Lindo, sua linda!

William Luz disse...

A saudade, o amor, a sinceridade o mantém vivo em seu coração. E isto é lindo.
Belo texto, belas palavras, belo sentimento, Taila!

*-*

Eduardo disse...

A sua força é o essencial e me contagia sempre! Sim, belo texto!

LAYS NOVAIS disse...

Q lindo!
Saudade todo mundo sente ne?
Bom seria se não perdessemos as pessoas que amamos

Beijos querida. Tô seguindo :)

Postar um comentário

 

(c)2009 Fantasia. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger